Releases

Side Walk

The Side Walkers: o Verão 2015 da Side Walk

Uma das principais inspirações é que a Side Walk volta as origens trazendo para coleção Verão 2015 uma expedição pela Austrália, resgatando a história da marca e viajando pelo passado da terra dos cangurus.

Esta nova campanha aparece dividida em três temas diferentes: o Aborígene busca inspiração no passado da marca, incorporando o mood safári e a camuflagem – com tons terrosos; o Safari volta às origens e faz uma viagem no tempo, trazendo o mood tribal – com tons quentes e acabamentos diferenciados; e o Ácido que funde os efeitos do urbano e natureza – com tons vivos, cítricos e vibrantes, efeitos de lavanderia e tie dye.

A linha feminina traz blusas e regatas leves com texturas diferenciadas, estamparia, bordados e fortes acabamentos de lavanderia. As camisas são mais soltas e despojadas com opções listradas. A aposta dos bottoms são peças com tie dye e técnicas de lavanderia a seco, para as calças a marca investe no jeans e sarja. Seguindo o tema da temporada, o étnico fica por conta das saias. Já os shorts de linho se destacam por seus bordados de matelassê. E para fechar com chave de ouro, o hit do verão são as jardineiras.

Para os homens, a marca visa o conforto nas camisetas, feitas em material leve e um mix de lavagens a seco, tie dye e estonado. As camisas vão do casual ao lifestyle, com estampas xadrezes, listras, estonado e sobre tintas – nas versões de cores neutras até as mais coloridas. Outro destaque são as pólos, produzidas do flame ao pique. As calças levam cores mood da coleção e o modelo chino invade, trazendo tons mais casuais – cáqui e areia. E pensando no clima da temporada as bermudas são feitas para entrar na água, além dos modelos de linho, a tradicional cargo e a double face – com estampa lisa e xadrez.

Os calçados carregam o DNA da Side, as clássicas birkens em várias cores para elas e para eles, as queridinhas alpargadas em diversas estampas e cores também nas duas versões. Entre os calçados femininos, modelos anabela com salto alto, e rasteiras que prezam o conforto. E os homens encontram sandálias, muitos topsiders e tênis de lona. E para fechar a linha de acessórios as mulheres podem escolher entre diferentes modelos e tamanhos de bolsas, como as jacquard, que remetem ao tema da coleção e o must da coleção, são as bolsas com franjas, tie dye e double face. E a aposta para os homens são mochilas de lona, com detalhes em couro e tons neutos e terrosos.

O cenário escolhido para transmitir o clima do Alto Verão e o desejo de colocar o pé na estrada foi o bairro despojado Vila Madelana, em São Paulo.

Shopping Balneário

Shopping Balneário recebe exposição de miniaturas de navios

Exposição de doze maquetes, criadas pelo arquiteto e designer Eduardo M. Dardaqui, conhecido como Deta.

O Shopping Parque Balneário apresenta a exposição “Pequenos Gigantes”, uma mostra marítima de miniaturas de navios de passageiros e cargas, rebocadores, lanchas, e outras embarcações. As maquetes podem ser vistas até o dia 26 de janeiro, na Praça Central do Shopping. Estão expostas doze maquetes, criadas pelo arquiteto e designer Eduardo M. Dardaqui, conhecido como Deta. O profissional desenvolve as miniaturas no período de seis meses a um ano, através de fotos e plantas arquitetônicas. Apaixonado por embarcações, Deta fez sua primeira montagem aos oito anos de idade, e continuou com o hobby, mas atualmente além do lazer o arquiteto também vende suas obras. Serviço – A exposição acontece até o dia 26 de janeiro, na Praça Central do Shopping. O Shopping Parque Balneário fica na Av. Ana Costa, 549, no Gonzaga em Santos. Mais informações (13) 3284-0360 ou 3877-9072.

 

 

Shopping Balneário homenageia pista da Imigrantes em exposição

O Shopping Parque Balneário exibe a exposição “Os Dez Anos de uma Obra de Arte” uma homenagem a inauguração da pista de descida da Imigrantes.

O Shopping Parque Balneário exibe a exposição “Os Dez Anos de uma Obra de Arte” uma homenagem a inauguração da pista de descida da Imigrantes. A mostra será até o dia 26 de janeiro. São 27 fotografias que mostram todo o processo de construção da pista descendente, desde sua implosão até a inauguração. Além de imagens da paisagem local. A pista Sul foi aberta no dia 17 de dezembro de 2002 e possui 21 quilômetros. Entre uma foto e outra, os visitantes poderão conhecer mais sobre este marco na engenharia que liga São Paulo a Baixada Santista. Serviço – A exposição acontece na Galeria Balneário das Artes, localizada no segundo piso do shopping, até o dia 26 de janeiro. O Shopping Parque Balneário fica na Av. Ana Costa, 549, no Gonzaga em Santos. Mais informações (13) 3284-0360 ou 3877-9072.


Mônica Figo expõe pela segunda vez no Shopping Parque Balneário

Mônica Figo expõe Recortes do Histórico no Shopping Parque Balneário

A artista plástica Mônica Figo está expondo no Shopping Parque Balneário suas obras que fazem parte da coleção “Recortes do Histórico”. A intenção das pinturas feitas em painéis com tinta a óleo é mostrar recortes com detalhes de arquitetura dos prédios históricos da cidade de Santos. O primeiro local que a artista plástica escolheu para retratar em tela, foi a Pinacoteca Benedicto Calixto, um dos patrimônios históricos santistas preferidos por ela. Em suas telas procura retratar utilizando cores vibrantes os dias ensolarados em que fotografou as arquiteturas. Mônica Figo está apresentando seus trabalhos pela segunda vez na Galeria de Arte, a primeira vez inaugurou a Galeria do Shopping Parque Balneário. A exposição Recortes do Histórico está aberta até o dia 31 de maio, de segunda a sábado, das 10h às 22h e domingo e feriados, das 11h às 22h, na Galeria de Artes do Shopping Parque Balneário, 2° piso, próximo à escada rolante da Praça de Alimentação.

BPF - Dia de Doar

Participe do #diadedoar com o BPF, ganhe 100 pontos e contribua com instituições

Com o objetivo de celebrar a generosidade por meio da doação, será lançado em 2 de dezembro o #diadedoar, uma campanha realizada globalmente, focada em ampliar a cultura do altruísmo. E para você fazer uma boa surpresa para organizações sociais, o Banco de Pontos Fidelidade irá fazer parte deste dia da solidariedade.

Para aderir ao Dia do Doar com o BPF, entre no site www.bpfidelidade.com.br. Ao se cadastrar você ganha 100 pontos e pode escolher a instituição que quiser beneficiar com eles. Além disso, presenteamos você com mais 1.000 pontos para serem usados em nossas plataformas.

A iniciativa será feita a partir do dia 2 de dezembro, e você pode ajudar divulgando e compartilhando-a em sites e nas redes sociais com as hashtags #pontopraquemdoa e #diadedoar .

Alinhado ao movimento internacional de promoção à doação, o #diadedoar conta com nove países participantes, inspirados no movimento #GivingTuesday, que surgiu nos Estados Unidos há três anos. A data foi escolhida por ser próxima ao Natal, quando as pessoas já estão mais predispostas a se sensibilizar pelos outros.

No BPF você pode destinar seus pontos para praticar o bem. Nós temos parcerias com instituições, ONGs e associações, e também oferecemos a opções de doação a causas especiais. Cadastre-se e pratique o bem!

 

No BPF, quem participa do #diadedoar ganha 500 pontos para doar para instituições.

Com o objetivo de celebrar a generosidade e ajudar quem mais precisa por meio da doação, será realizado no dia 29 de novembro o #diadedoar.

O #diadedoar é uma grande campanha para promover a cultura de doação no Brasil e no mundo. No Brasil acontece uma mobilização nacional para termos um país mais generoso e solidário.

A data é realizada no Brasil desde 2013, e sua origem é nos Estados Unidos, onde começou em 2012. Criada por uma organização chamada 92Y, localizada em Nova York, e hoje está no mundo todo. Lá fora, o #diadedoar tem nome de #GivingTuesday, que significa “terça-feira da doação”.

O BPF - Banco de Pontos Fidelidade participa deste dia da solidariedade através de novos cadastrados e incentivando seus clientes a praticarem doação de pontos.

Para aderir ao Dia de Doar junto com o BPF, é só se cadastrar usando o código DIADEDOAR e ganhar 500 pontos para serem doados para uma das instituições parceiras do BPF.

Além disso, neste dia os usuários já cadastrados que complementarem seus pontos, ganham 100% de bônus para doar quantos pontos quiser para uma das instituições que o BPF apoia.

A iniciativa acontece somente no dia 29 de novembro e os participantes podem ajudar na divulgação, ao compartilhar a ação em sites e nas redes sociais com as hashtags #diadedoar e #pontopraquemdoa.

Só no BPF, os usuários ganham para doar.

Acesse bpfidelidade.com.br

Livro Relatos Sobre o Amor

Relatos sobre o amor

O livro Relatos sobre o amor fala dos (des) encontros, satisfação e vivências nos relacionamentos.

Destaca-se no livro a voz feminina com suas dores, superações, conquistas e experiências no mundo patriarcal.

O livro Relatos sobre o amor, de Pedro César Batista, envereda principalmente no universo feminino, ao apresentar uma combinação da angustia e a satisfação da conquista da liberdade e de rebeldia que algumas mulheres conseguiram obter com suas marcas indeléveis, apesar do machismo, ousaram enfrentar o patriarcado.

Integrado por 13 contos – relatos, onde prevalece a voz feminina, o autor destaca nos textos homens e mulheres com suas práticas comuns e revolucionárias, sempre reproduzindo uma busca pelo seu par, levando a encontros, provocando a solidão e o prazer, com as idiossincrasias da pós modernidade, marcadas, ainda, pela moral judaico – cristã.

A assessora de imprensa paraense, Ana Lúcia Araújo, que vive há 20 anos em Portugal, diz sobre o autor que “Encontra no texto a coerência e a frontalidade que se espera de quem parece se propor como “um olho a mais” em cada um dos seus leitores. Um olho que não fecha, que está sempre vigilante”. Diz ainda que Pedro “escreve sobre a vida, sobre a morte, sobre o amor entre as pessoas, a amizade, a natureza, com a revolta e a calma que devem alimentar constantemente todas as histórias e mudanças. Leio-o e penso no quanto foi difícil fazermos a lição do Che e endurecermos sem perder a ternura. Ele vai conseguindo”.

Wanessa Dias, professora de língua portuguesa, destaca no prefácio que “há nos relatos ora uma satisfação momentânea do gozo, ora encantos e o sofrer deles e por eles, quando o tempo, por isso, não é capaz de fazer desaparecer os bel-prazeres um dia conhecidos e, por vezes, sonhados. Não são, por isso, caminhos meramente refeitos ou acúmulos de episódios e lamúrias num enredo bem estruturado”.

Relatos sobre o amor é o 15º livro do autor, que publicou seu primeiro título Tudo tem, em 1979, ainda no mimeógrafo. Nesse tempo enveredou em diversos mundos das letras, escreveu biografias, um romance e dedica-se à poesia. Seu livro anterior, Candeeiro do tempo (Verbis – 2010), é uma coletânea que reúne poemas de três décadas. Realizou lançamentos em Portugal e em Nova Iorque (EUA), na ONU, além de diversas capitais e cidades brasileiras. Quando iniciou seu trabalho teve as dificuldades inerentes ao tempo da ditadura, que serviu apenas para alimentar a sua letra de resistência e sua militância por vida e libertação.

Serviço:

Relatos sobre amor

Autor: Pedro César Batista

Thesaurus Editora

Brasília – DF - 2013


%d blogueiros gostam disto: